Obrigada por sua visita

Obrigada por sua visita

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

POEMA DA UTOPIA

POEMA DA UTOPIA


Fernando Namora



A noite caiu sem manchas e sem culpa.

Os homens tiraram as máscaras de bons atores. 

Findou o espetáculo. 

Tudo o mais é arrabalde. 

No alto, a utópica lua, vela comigo e sonha inutilmente com a verdade das coisas. 

Noite! Deixa-nos também dormir.



Para assistir em tela cheia, clicar em cima do vídeo(indicador direito). 

Maria Andrade de Slidely by

Nenhum comentário:

Postar um comentário